Análise Super Mario 3D Land – Review Pt-Br

por Leonardo Lima imagens: IGN.com O 3DS desde seu lançamento foi alvo de muita falação. Uns reclamavam pela falta de títulos bons no console e outros diziam que os bons eram apenas remakes. Mas toda essa onda negativa está prestes a acabar com o lançamento de Super Mario 3D Land. O jogo não é SÓ bom, mas é também uma razão para se dar de presente o novo portátil da Nintendo. Assim que você começa o jogo, você já se depara com uma explosão de cores. O jogo está realmente muito bonito. Pela tela menor do 3DS, os polígonos ficam mais juntos resultando numa imagem mais nítida, menos serrilhada. Efeitos de partículas estão por todas as partes, assim como ricas texturas. O visual lembra muito Super Mario Galaxy 2, e cá entre nós, isso é coisa pra se orgulhar! E como se isso não fosse o bastante, há o efeito tridimensional. A profundidade que o 3D causa no jogo é sensacional e vai deixar todo mundo de queixo caido. Ao iniciar o jogo, você tem a opção de ligar o Street Pass, fazendo com que você ganhe itens de outros jogadores caso você passe por eles, e vice-versa. Fãs do encanador já sabem que é perda de tempo falar sobre a jogabilidade, pois está para ser lançado um jogo do Mario que seja ruim para controlar. Então, não há com o que se preocupar… O Circle Pad do 3DS funciona absurdamente bem nessa aventura já que você precisará movimentar o Mario em todos os ângulos. Falando nisso, os designers do jogo fizeram que o 3D seja ricamente utilizado em todas as fases

Comments are closed.