POEIRA DAS ESTRELAS – PARTE 06 – FANTASTICO – GLOBO

www.publicadosbrasil.gigafoto.com.br O CIENTISTA ESQUECIDO – 24.09.2006 No capítulo deste domingo, da série “Poeira das Estrelas”, o físico Marcelo Gleiser encontra o homem que o Prêmio Nobel esqueceu. Imagine que você é cientista e descobre a resposta para uma das perguntas mais antigas da humanidade: como foi que tudo começou? E, quando chega a hora do reconhecimento, como você se sentiria se toda a glória e todos os prêmios fossem para outra pessoa? Essa história é verdadeira. Em ciência, muitas vezes, grandes descobertas nascem por acaso. E nem sempre a comunidade científica reconhece o mérito daqueles que tiveram uma grande idéia primeiro. Para uns, a glória; para outros, o esquecimento. O ano era 1929. No observatório de Mount Wilson, ao norte de Los Angeles, havia sido construído o telescópio mais potente de todos os tempos. O astrônomo americano Edwin Hubble apontou o telescópio para o céu e viu gigantescos conjuntos de estrelas — as galáxias — se afastando umas das outras. Era o universo em expansão, crescendo cada vez mais. As conseqüências dessa descoberta foram profundas. Se as galáxias estão se afastando, isso significa que, no passado, elas já estiveram mais próximas. E mais: em um passado muito distante, as galáxias — e as estrelas que elas contêm — estavam tão próximas que ocupavam todas o mesmo espaço. Trata-se de uma região minúscula, menor do que a cabeça de um alfinete. O universo, então, tinha uma origem. Mas que origem era essa? Ironicamente, a
Video Rating: 4 / 5

Comments are closed.